A Levante traz as melhores ideias de investimento

Quais as melhores opções de investimentos para o curto prazo?

Compartilhe

Muitas pessoas que começam a investir ficam em dúvida sobre quais as melhores opções de investimentos para o curto prazo. Essa dúvida é muito pertinente, ainda mais tendo em vista que a grande maioria está iniciando o processo de crescimento de patrimônio e não tem ainda muitos conhecimentos sobre o mercado financeiro e suas diversas opções.

E já fica o alerta logo de cara: investir a curto prazo não serve apenas para os novos investidores. Até mesmo os mais experientes também podem (e devem) se preocupar com isso. Afinal, ninguém sabe quando vai surgir um fato urgente que gere uma necessidade de dinheiro como, no pior dos casos, uma necessidade médica, uma boa oportunidade de comprar um carro ou uma casa nova, ou ainda mesmo a viagem dos sonhos com um ótimo preço.

Para objetivos de prazo mais curto, é preciso buscar por características diferentes das de médio e longo prazos. É fundamental apresentar principalmente segurança e liquidez, diferentemente dos investimentos que têm um horizonte maior e focam em uma boa rentabilidade.

Investindo com liquidez e segurança

Gerir dinheiro para o curto prazo significa investir em ativos com liquidez e segurança, mas o que significa isso afinal das contas?

No quesito da segurança, o que importa é que esse investimento não pode ter variações fortes (como as ações, por exemplo). Afinal, imagina precisar do dinheiro investido justamente em um dia de forte queda do mercado?
Outra opção é aplicar em títulos com baixo risco de crédito, já que ninguém quer investir em um título de algum banco ou empresa que quando não tem fundos quando há a necessidade do resgate.

Além disso, o investimento de curto prazo precisa ser líquido, ou seja, os recursos solicitados caem na conta em um ou dois dias, no máximo. Não adianta optar por ter segurança, mas só conseguir o resgate do valor investido em questão de meses ou anos.

Mas e agora, onde posso conseguir esse tipo de investimento? Sem dúvida, a aplicação correta para essas necessidades está na Renda Fixa, com ativos pós-fixados que geram uma liquidez diária.

E antes de maiores explicações, fica um parênteses aos novos no fantástico mundo dos investimentos: pós-fixado significa que o valor aplicado é corrigido diariamente pela taxa Selic. Em outras palavras: se você tem R$ 1.000,00 hoje e a Selic diária é de 0,03%, amanhã você terá R$ 1000,30.

Você deve estar se perguntando: mas afinal, quais são os ativos, fundos, e títulos que se enquadram nessa necessidade? A resposta está logo a seguir.

Os melhores investimentos de curto prazo

1 – Tesouro Selic

Sem nenhuma dúvida, a opção mais indicada para pessoas que buscam segurança, liquidez e rentabilidade no curto prazo, é o Tesouro Selic, disponível no Tesouro Direto.

Explicando de uma forma simples, esse título é pós-fixado e não sofre nenhum risco de flutuações de preço. Ele oferece liquidez diária, então não há carência para o resgate, que pode ser feito a qualquer momento. Além disso, há um baixíssimo risco de crédito, já que esse título é emitido pelo Tesouro Nacional.

Para ver mais detalhes e tirar dúvidas sobre esse tipo de investimento, é só entrar no site do Tesouro Direto.

2 – CDBs (com liquidez)

Uma outra opção para investimentos de curto prazo são os Certificados de Depósito Bancários, os CDBs. Em outras palavras, é a maneira que os bancos captam dinheiro para realizar empréstimos.

Mas, nesse caso, você deve prestar atenção em alguns fatores. Esses ativos nem sempre têm liquidez diária, então tenha certeza disso antes de aplicar. Outro ponto de cuidado é que no mercado brasileiro existe uma grande quantidade de bancos com riscos de crédito diversos, então escolha sempre uma instituição sólida e confiável.

E também não se esqueça de que a rentabilidade do título não pode ser inferior ao do Tesouro Selic (subtraindo o custo de 0,30% das taxas de custódia). Afinal, não tem porque investir em um título com rentabilidade inferior à de um título público.

3 – LCIs e LCAs (com liquidez)

As famosas Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA) também são ótimas opções para investimentos de curto prazo. Mas, assim como os CDBs, é preciso ficar atento à liquidez dos títulos, pois há uma grande quantidade deste tipo no mercado.

Outro ponto que exige muita atenção para quem vai investir em LCI ou LCA, é que esses títulos são isentos de Imposto de Renda. Essa isenção, no entanto, não significa que os bancos irão oferecer taxas próximas ao rendimento do CDI. A ideia das instituições é emitir títulos com rendimentos líquidos que, quando comparados com outros investimentos, fiquem parecidos.

4 – Fundos referenciados DI

Além do Tesouro Selic, CDBs, LCIs e LCAs, os fundos referenciados DI também podem ser uma forma de investimento de curto prazo com liquidez.

Mas o que é um Fundo Referenciado DI? É um fundo criado pelos bancos e gestoras que tem como objetivo prover aos seus clientes um instrumento de investimento atrelado ao CDI (Selic) com liquidez. Geralmente esses fundos aplicam grande parte de seus recursos em títulos públicos e uma pequena parcela em títulos de renda fixa de emissão privada para tentar aumentar a rentabilidade.

Mas por que esta opção ficou por último? É necessário tomar um cuidado diferente com essa modalidade, já que as aplicações não são muito diferentes da primeira opção. O que pega, neste caso, é que às vezes os custos de administração dos fundos são altos, prejudicando e muito a rentabilidade.

Sendo assim, quando for decidido utilizar fundos DI, a performance passada do fundo deve ser analisada. Para ser viável, ele deve corresponder a pelo menos 95% do CDI, caso contrário as opções apresentadas anteriormente são melhores.

 

Gostou do artigo sobre quais são as melhores opções de investimentos para o curto prazo? Compartilhe o link nas redes sociais e ajude seus amigos a entenderem um pouco mais sobre o tema. E não se esqueça de seguir o perfil da Levante no Instagram, Facebook, Twitter e Youtube.

Bons investimentos!

Compartilhe

Recomendado para você

Quando a falta de atenção é irracional

Ser desatencioso pode ser custoso. Muitas pessoas pagam multas e juros por não atentarem à data de pagamento da fatura do cartão de crédito. Muitos pagam…

Não há luz no fim do túnel da política

Em um momento político tão conturbado, é natural que algumas perguntas fiquem sem respostas. Ou melhor, é natural que muitas perguntas fiquem sem respostas na política…

Fechar Menu

Receba agora nossos Relatórios Exclusivos

Fechar Painel